Internas do Prefem recebem certificação de cursos de pintura em tecido e confecção de caixas de presentes

A ação é uma parceria com a Fundat e buscar qualificar as internas para o mercado de trabalho ao sair do sistema prisional

Na tarde desta quarta-feira, 16, as internas do Presídio Feminino (Prefem) receberam a certificação dos cursos de pintura em tecido e confecção de caixas de presentes. Os cursos são uma parceria com a Fundação Municipal de Formação Para o Trabalho (Fundat) e reuniu integrantes do Projeto Odara.

Para esse encerramento e aproveitamento das técnicas aprendidas em curso, foi escolhido o tema “Flores de Sergipe” para apresentar o material desenvolvido. Segundo a diretora do Prefem, Andreia Andrade, todos os produtos, desde as bolsas até as caixas de presentes, foram desenvolvidos com materiais sustentáveis.

As flores tipicamente vistas no estado, como a avinca e a palmatória, foram estampadas nas bolsas produzidas pelas internas e serão divulgadas para a sociedade sergipana. “Foi observada essa possibilidade de transportar essa habilidade adquirida durante o curso para a sociedade. Pensando nisso, essa produção será divulgada no dia 24 de outubro, dia da sergipanidade, no Parque da Sementeira. Lá estaremos presenteando a população com esses objetos produzidos aqui dentro”, afirma a diretora.

Para Genaldo Freitas, coordenador de reinserção prisional da Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa ao Consumidor (Sejuc), a parceria com a Fundat foi de suma importância para a reintegração das internas ao sair do sistema prisional. “Essa parceria com a Fundat veio enriquecer o leque de alternativas que nós temos aqui dentro do Prefem. Nós temos o Projeto Odara, que hoje é um dos carros chefes do sistema, e esses cursos vêm abrir o leque para que elas tenham uma possibilidade maior de quando saírem dos sistema poderem ser reintegradas na sociedade”, conta o coordenador.

“A gente busca atingir e qualificar as pessoas para o mercado de trabalho. Elas estão aqui passando essa fase e esses cursos vão servir para a vida pessoal e profissional delas quando elas saírem dos sistema. É uma parceria que tem dado certo e que a gente tende a ampliar cada vez mais”, explica Sandra Magna, diretora de formação profissional do Fundat.

O evento que acontecerá no Parque da Sementeira, no dia 24 de outubro, visa expor as ações de reinserção das internas na sociedade e a população presente no local será presenteada com os materiais produzidos por elas.

Última atualização: 16 de outubro de 2019 17:53.

Pular para o conteúdo