Central de Monitoramento Eletrônico de Presos passa por reformulação e aumenta efetivo

A gestão da Secretaria de Justiça, de defesa do consumidor e do trabalho (Sejuc), através do Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe), cumpre mais uma meta do Plano de Gestão Estratégica. Nesta segunda-feira, 07 de março, ocorreu o lançamento da nova Central de Monitoramento Eletrônico de Presos (Cemep), onde foram redesenhados procedimentos, setorização de atividades laborais e foi feito o reforço da equipe multidisciplinar.

O objetivo primordial dessa reformulação é elevar a eficiência técnico-operacional na ações policiais, intensificando a fiscalização em tempo real e a identificação da expedição de mandados de prisão para cumprimento, bem como promover a humanização acerca da política de monitoração eletrônica, a partir da atuação dos profissionais nas áreas jurídica e psicossocial nas ações de escuta qualificada, encaminhamento à rede de apoio assistencial e junto aos programas sociais da Cemep voltados à mulher vítima de violência doméstica.

Esteve presente para recepcionar os novos integrantes da equipe Cemep o diretor do Desipe, Agenildo Machado de Freitas Júnior, que destacou o empenho da gestão da Sejuc nos avanços frente à política de monitoração. 

“Os investimentos promovidos na administração do secretário Cristiano Barreto, sejam na institucionalização da Cemep, quanto no aumento de efetivo e aparelhamento logístico, estão sendo fundamentais para elevação da eficiência desta unidade”, pontua Agenildo Júnior.

Participaram do lançamento membros da nova equipe multidisciplinar que vai oferecer acolhimento às vítimas monitoradas pela Cemep: Clara Arlene Ferreira da Conceição, assessora jurídica; Aline Reis de Santana, assistente social; Tereza Cristina Leandro de Oliveira, assistente social; Yasmim Santana de Oliveira, psicóloga; além do servidor e policial penal, Magson Melo.

Última atualização: 7 de março de 2022 13:14.

Pular para o conteúdo