Secretaria de Estado da Justiça, do Trabalho e de Defesa do Consumidor

Sejuc conclui curso de formação dos novos policiais penais de SE

Servidores receberam a certificação e a lotação O Curso de Formação dos novos policiais penais de Sergipe foi concluído nesta sexta-feira (8). O treinamento formou 154 novos policiais penais, que estão aptos a atuarem no nosso sistema prisional. O curso teve duração de 218 horas, divididas em 34 disciplinas. Os novos policiais penais também receberam […]

8 de outubro de 2021, 16:04

Servidores receberam a certificação e a lotação

O Curso de Formação dos novos policiais penais de Sergipe foi concluído nesta sexta-feira (8). O treinamento formou 154 novos policiais penais, que estão aptos a atuarem no nosso sistema prisional. O curso teve duração de 218 horas, divididas em 34 disciplinas. Os novos policiais penais também receberam a certificação do curso e o documento de apresentação, distribuindo-os em todas as unidades prisionais de Sergipe.

O curso contou com disciplinas como intervenção prisional, escolta e transferência de preso, algemação, defesa pessoal, abordagem policial, APH de combate, gerenciamento de crise, uso proporcional da força, combate contra incêndio, ética e integridade no serviço público, trânsito, legislação de trânsito, direção defensiva, entre outras disciplinas. 

A diretora da Egesp, Andrea Fernanda Andrade, destacou a importância da chegada de novos policiais penais para o aumento da segurança das unidades prisionais do estado, assim como para a manutenção das atividades que são desenvolvidas no âmbito do sistema prisional de Sergipe. 

“A chegada desses novos policiais penais vai fortalecer a segurança pública do sistema prisional do estado de Sergipe, fortalece a Secretaria de Justiça, fortalece o Desipe, fortalece o trabalho dos policiais penais. Nós, policiais penais, estamos muito felizes pelo desempenho e pelo compromisso com o Governo do Estado de Sergipe, com o secretário de Justiça, com o diretor do Departamento do Sistema Prisional, que contribuiu para que esse curso fosse possível ser realizado e concretizado com excelência”, ressaltou.

O secretário Cristiano Barreto concluiu reiterando a relevância das instruções ministradas no Curso de Formação. “A importância desse curso é  a de possibilitar que os novos policiais penais tenham subsídio, tenham suporte, tenham segurança para poder atuar na sua atividade-fim, que é dentro do sistema prisional, e fora também. Com a nova nomenclatura de Policial Penal, as nossas atribuições se ampliam”, pontuou.