Semana da Enfermagem do Sistema Penitenciário celebra profissionais ligados à Sejuc

[kc_row use_container=”yes” force=”no” column_align=”middle” video_mute=”no” _id=”738776″][kc_column width=”12/12″ video_mute=”no” _id=”637107″][kc_column_text]

Os profissionais participaram de uma série de atividades em alusão ao Dia da Enfermagem

A Semana da Enfermagem foi instituída no Brasil ainda nos anos de 1940, em homenagem a dois importantes nomes da enfermagem: Florence Nigthingale e Ana Néri, enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares. No entanto, na Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa do Consumidor ela ganhou um destaque a mais através dos eventos organizados pelo Núcleo de Reinserção Social (NURES).

Entre os dias 13 e 18 de maio, os profissionais da enfermagem ligados à SEJUC participaram de uma série de atividades que tiveram como objetivo valorizar estes profissionais, trocar experiências, mas também trazer visibilidade a essa categoria que possui a tarefa de levar saúde para dentro das unidades prisionais.

“Mais do que aplausos, a Enfermagem precisa de valorização e reconhecimento de verdade. É necessário entender todas as dificuldades pelas quais a categoria passa. Que a enfermagem não seja pensada somente em maio, que ela seja pensada todos os dias, como a força principal responsável pela manutenção e entrega de saúde”, comentou a referência técnica em Saúde da SEJUC, Samanta Bicudo.

Além de atividades voltadas à saúde, como o curso de atualização em primeiros socorros e aromaterapia, os profissionais ainda participaram de uma roda de conversas, treino funcional, aula de Tai Chi Chuan e uma aula de defesa pessoal.

“A Semana da Enfermagem no Sistema Penitenciário foi uma semana destinada ao conhecimento e a valorização da importância da enfermagem. Com o objetivo de aprimorar conhecimentos, realizar atualizações e interação entre todas as equipes de saúde do sistema prisional. Esta semana foi de fundamental importância não só para o desenvolvimento individual/pessoal de cada profissional mas também em equipe”, comentou a enfermeira Aline Mota.

[/kc_column_text][kc_image_gallery columns=”4″ image_size=”full” alt_text=”__empty__” _id=”42635″ images=”8000,7999,7998,7997″ type=”grid” click_action=”none”][/kc_column][/kc_row]

Última atualização: 23 de maio de 2023 12:47.

Pular para o conteúdo