Secretaria Nacional do Consumidor apresenta ações do semestre em reunião com Procons dos estados

Na abertura, diretora do Procon de Sergipe destacou iniciativas planejadas pelo Ministério da Justiça

Brasília, 30/07/2019 – A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) apresentou, nesta terça-feira (30/7), o balanço de ações do semestre, durante a reunião anual dos Procons estaduais e do Distrito Federal. Na mesa de abertura do evento, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ressaltou os resultados da Senacon no período, relativos às ações em benefício dos cidadãos de todo o país. A diretora do Procon de Sergipe, Tereza Raquel Marins, participou do evento e debateu estratégias junto com os diretores das outras unidades da Federação.

“Sabemos da relevância do papel dos Procons nos diversos estados e municípios do país. A Senacon é uma parceira nesse trabalho de defesa do consumidor e na construção de políticas públicas que melhorem a relação do consumidor com as empresas”, afirmou o ministro.

Segundo a Tereza Raquel Marins, o encontro foi muito proveitoso, pois foram discutidos assuntos como o balanço do primeiro semestre, a importância da plataforma Consumdor.gov, a abertura do mercado de combustíveis no Brasil e as ações órgãos de defesa do consumidor e todo um projeto de fortalecimento do Procon.

De acordo com o secretário Nacional do Consumidor, Luciano Timm, o principal objetivo da reunião é o fortalecimento das relações entre os órgãos, para o aprimoramento de estratégias que favoreçam o setor consumerista. “Esse encontro traz um balanço do trabalho efetuado pela Secretaria no primeiro semestre. Contamos com a colaboração dos Procons para aprimorarmos a atuação da Senacon em prol do consumidor”, ressaltou. Também compuseram a mesa diretiva: o presidente do Procons Brasil, Felipe Vieira, e o presidente do Procon-SP, Fernando Capez.

Balanço

Dentre as principais ações da Senacon, destacam-se a integração dos órgãos de defesa do consumidor ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), as atividades da Escola Nacional de Defesa do Consumidor, as ações voltadas à proteção da Saúde e Segurança do Consumidor, a proteção ao consumidor no âmbito da regulação, do pós-venda de produtos e serviços, da sociedade da informação, do consumo sustentável e na implementação do Plano Nacional de Consumo e Cidadania (Plandec).

Última atualização: 30 de julho de 2019 17:50.

Pular para o conteúdo