Procon Sergipe realiza mais de 200 atendimentos durante a campanha Renegocia!

Mutirão do governo federal foi encerrado no último dia 11 para renegociação de dívidas

O Procon Sergipe participou do mutirão de renegociação de dívidas organizado pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O Renegocia! foi realizado em todo o país envolvendo vários órgãos de defesa do consumidor e teve como objetivo, a prevenção do superendividamento e auxílio aos consumidores na negociação de suas dívidas, de forma mais acessível.

O mutirão foi encerrado na última sexta, 11, e o Procon Sergipe realizou 218 atendimentos presenciais em sua sede na praça Camerino, centro de Aracaju, e on-line, classificados como renegociação/ parcelamento de dívida abrangendo dívidas com diversas instituições, incluindo instituições financeiras (bancos), empresas de telefonia, água, energia elétrica, entre outros setores.

“Foram dias muito intensos. Recebemos uma grande quantidade de consumidores que aproveitaram o mutirão para parcelar e renegociar dívidas e voltar a ter crédito no mercado.  Nossos técnicos atenderam a uma grande demanda e ficamos felizes em ajudar tantos consumidores sergipanos”, disse a coordenadora do Procon Sergipe, Raquel Martins.

O mutirão

O mutirão foi lançado dia 24 de julho pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para negociação de endividamento, prevenção ao superendividamento e negociação para tratamento do superendividamento.

O ‘Renegocia!’ foi mediado pelos órgãos de defesa do consumidor e não houve limite de renda, nem valor de dívida. Foram negociadas dívidas bancárias e não bancárias, incluindo compromissos financeiros assumidos decorrentes de relação de consumo, operações de crédito, compras a prazo e serviços de prestação continuada. Não entram no programa dívidas provenientes de contratos de crédito com garantia real, de financiamentos imobiliários e crédito rural.

Última atualização: 14 de agosto de 2023 10:27.

Pular para o conteúdo