Presídios de Sergipe realizam série de operações de revista e transferência interna de presos

A Secretaria de Justiça, do Trabalho e da Defesa do Consumidor (Sejuc), por meio do Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe), tem realizado uma série de operações de revista e transferência de presos nas diversas unidades prisionais de Sergipe. O objetivo é trabalhar de maneira preventiva, desarticulando possíveis ações de subversão da ordem, como fugas, motins e rebeliões.

Na última segunda-feira (20), foram realizadas duas operações nesse sentido. A primeira ocorreu na Cadeia Pública de Estância (CPE), onde foi realizada uma revista geral e transferência dos internos da ala B para a ala A e o contrário também. Na ação, nada de anormal foi encontrado.

“Graças às constantes revistas, nada de relevante foi encontrado. Contamos com o apoio massivo dos policiais penais que laboram na unidade e funcionários da reviver. Seguimos firmes nos procedimentos de vigilância e prevenção”, pontua o diretor da Cadeia Pública de Estância, Vanilson Soares Barbosa.

A segunda ocorreu na Cadeia Territorial de Nossa Senhora do Socorro, onde foi realizada uma revista em todas celas, verificando a parte estrutural da unidade e também os pertences dos internos. Nada comprometedor também foi encontrado.

Na semana anterior, também com objetivo de evitar possíveis subversões, foram realizadas operações de revista ou transferência de internos na Cadeia Pública de Areia Branca (CPAB), no Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza (Premabas), localizado em Tobias Barreto, no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan) e na Unidade de Custódia Psiquiátrica (UCP).

Última atualização: 21 de junho de 2022 17:48.

Pular para o conteúdo