Policiais penais de Sergipe integram missão da Força Penal Nacional em Pernambuco

Instituída pelo Ministério da Justiça, a FPN atuará em ações conjuntas da União e unidades da Federação no enfrentamento de crises no sistema prisional

Dois policiais penais de Sergipe embarcaram, na quinta-feira, 28, para o estado de Pernambuco. Eles passam a integrar a Força Penal Nacional (FPN), instrumento de atuação criado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e subordinada à Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), que objetiva a cooperação entre a União e unidades da federação no enfrentamento de crises no sistema prisional brasileiro.

Representam o estado, os policiais Penais Shelton Marques, atualmente lotado na Cadeia Pública de Areia Branca como inspetor geral, e Nicolas Barbosa, integrante do Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope). Eles embarcaram para Recife, onde atuarão no estado pernambucano em conjunto com policiais penais de outras unidades federativas até o dia 20 de janeiro. No entanto, o período da missão pode ser estendido. 

Coordenada pela Polícia Penal Federal, a Força Penal Nacional é um programa de ações conjuntas e integradas entre a União e as unidades da Federação, firmado mediante convênio e instituído em caráter episódico e planejado, para a execução de atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da segurança das pessoas e do patrimônio do sistema penitenciário brasileiro. 

Seu escopo consiste na cooperação da gestão de estabelecimentos penais, com foco no apoio às atividades administrativas, assistenciais, gerenciais, treinamento e capacitação no sistema penitenciário, assim como em situações de crise nas unidades prisionais.

Com 21 anos de atuação na Polícia Penal, Shelton Marques destaca a convocação como momento de concretização de um sonho. “Sempre tive esse sonho de participar de uma missão a nível nacional, e agora surgiu essa oportunidade. O sentimento é de grande felicidade, saber que vou compor a Força Penal Nacional, sendo um dos representantes de Sergipe”, comentou Shelton Marques.

Primeiro colocado no I Curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário (CIRRC) realizado pela Secretaria de Justiça e de Defesa do Consumidor de Sergipe (Sejuc), o policial penal Nicolas Barbosa também celebrou a oportunidade de participar dessa força-tarefa junto à Força Penal Nacional. “Nesta missão participarão pessoas de todo o país, então a minha expectativa é a melhor possível no intuito de adquirir mais experiência”, celebra.

Para a secretária de Justiça de Sergipe, Viviane Pessoa, a cessão desses policiais para a FPN representa “o compromisso do estado de Sergipe em atuar de forma integrada com os demais entes federativos e Governo Federal, no combate à criminalidade e manutenção da ordem no sistema penitenciário”.

Última atualização: 29 de dezembro de 2023 19:32.

Pular para o conteúdo