Polícia Penal evita fuga de dois internos na Unidade de Custódia Psiquiátrica

Na tarde desta sexta-feira (10), a Polícia Penal de Sergipe interrompeu um plano de fuga que estava previsto para ocorrer neste fim de semana, na Unidade de Custódia Psiquiátrica (UCP), localizada em Aracaju. A ação foi realizada a partir de uma revista de rotina, por servidores plantonistas da própria unidade.

De acordo com a diretora da UCP, Edjane Marinho, dois custodiados ameaçavam com frequência fugir da unidade. Em razão disso, ela reuniu o corpo diretivo e definiram que seria necessário a realização de inspeções diárias nas celas, buscando evitar justamente as fugas.

Sendo assim, na rotina de inspeção diária de hoje, a equipe identificou um orifício justamente na cela em que estavam os custodiados que ameaçavam fugir. Imediatamente as medidas padrões foram tomadas pela direção.

“Eles foram remajedados de celas e por se tratarem de pessoa com transtorno mental em conflito com a lei, passarão por avaliação técnica, psiquiátrica e psicológica. Posteriormente, serão ouvidos pela comissão disciplinar da unidade para iniciar as ações pertinentes à abertura do Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD)”, detalha a diretora, Edjane Marinho.

Sobre a Unidade de Custódia Psiquiátrica

A Unidade de Custódia Psiquiátrica é um dos tipos de estabelecimentos penais, previstos na Lei de Execução Penal, que destina-se aos inimputáveis ou semi-inimputáveis. É uma espécie de hospital-presídio, que tem o dever de custodiar e tratar a pessoa com transtorno mental em conflito com a lei. Nele, o exame psiquiátricos e os demais exames necessários ao tratamento são obrigatórios para todos os internados.

Última atualização: 10 de junho de 2022 18:11.

Pular para o conteúdo