Parceria com a Fundat oferece Carteira de Trabalho Digital no Prefem

As internas passaram por uma triagem avaliando sua documentação, eventuais registros de trabalho anteriores e toda a situação para a confecção da nova carteira de trabalho, que agora é digital

Uma ação de extrema relevância no processo de ressocialização, atualizando documentação com a emissão da carteira de trabalho digital e motivando para o empreendedorismo. Esta é a síntese de uma ação conjunta, através de uma parceria entre Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), da Prefeitura de Aracaju, e a Secretaria de Estado da Justiça e Defesa do Consumidor (Sejuc), que reuniu 50 internas do Presídio Feminino, na manhã desta terça-feira, 21.

A equipe da Fundat, a partir da palestra da assistente social e coordenadora de Empreendedorismo, Marta Lisboa, visa realizar uma conscientização, motivando para um novo e decisivo passo para cada uma das internas. “Ficamos felizes com o convite para ministrar essa palestra para as internas, motivando e orientando para uma reinserção social produtiva. Aqui, eles recebem esse estímulo que será determinante para a reconstrução de suas histórias”, destacou Marta. 

Após a palestra, as internas passaram por uma triagem avaliando sua documentação, eventuais registros de trabalho anteriores e toda a situação para a confecção da nova carteira de trabalho, que agora é digital. 

Para a coordenadora do Núcleo de Reinserção Social da Sejuc, a policial penal Edjane Marinho, essa parceria com a Fundat é fundamental na preparação das internas para quando deixarem o sistema prisional. “É uma contribuição decisiva para que toda a estratégia de reinserção funcione. As internas, quando cumprirem o seu período de reclusão, estarão aptas e conscientes do que querem buscar. Agradecemos muito a esse papel relevante exercido pela Fundat”, declarou a coordenadora.

Parcerias Efetivas

Para o diretor do Presídio Feminino (Prefem), o policial penal Augusto Henrique de Jesus, a busca das parcerias é fundamental na conquista dos resultados pretendidos. “Dentro da estratégia estabelecida pela nova gestão da Sejuc, estamos finalizando a busca pelas parcerias necessárias aos nossos objetivos. A ressocialização é um dos nossos focos e a reinserção social produtiva, a partir de uma reeducanda que foi qualificada e motivada no período em que esteve aqui, é a premissa para que tudo dê certo. Por isso, agradecemos demais a essa parceria com a Fundat”, ressaltou o diretor.

Ele informou ainda que a meta é promover essas iniciativas trimestralmente, buscando oferecer a condição documental para que as egressas do sistema sejam absorvidas pelo mercado de trabalho, seja como empreendedoras, seja ocupando postos de trabalho.

Última atualização: 23 de março de 2023 08:11.

Pular para o conteúdo