Mulher é presa tentando adentrar o Copemcan com substância semelhante à maconha e cocaína

Nesse sábado (30), a Polícia Penal de Sergipe efetuou a prisão de uma mulher que tentava adentrar o Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan) portando substância ilícita. Ela é companheira de um interno. 

Quando submetida a inspeção de rotina no bodyscan, foi verificado um corpo estranho na região pélvica. Prontamente os policiais penais a conduziram para um local privativo e apropriado, a fim de realizar os procedimentos necessários. 

Quando questionada sobre a presença estranha nas imagens, a suspeita negou estar com qualquer material introduzido no corpo. Ela exigiu ser submetida a exames clínicos que obtivessem imagens mais precisas, momento em que foi conduzida para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi submetida ao raio-x e comprovado a presença do material na região pélvica. 

A partir desse momento, a suspeita admitiu portar as substâncias e retirou dois invólucros contendo substância análoga à maconha e cocaína. Em seguida, foi conduzida à Central de Flagrantes e está a disposição do Poder Judiciário.

Última atualização: 1 de maio de 2022 11:48.

Pular para o conteúdo