Central Integrada de Alternativas Penais participa de reunião com membro do Conselho Nacional de Justiça

O objetivo foi discutir a possibilidade de abertura de vagas para estágio para estudantes das universidades parceiras da Sejuc

Na manhã desta segunda-feira (02), a diretoria da Central Integrada de Alternativas Penais (CIAP), nas pessoas de Cristiano de Santana (diretor) e Valdemir Santos (vice-diretor), se reuniu com as representantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em Sergipe, Isabela Cunha e Lucineia Rocha e do Escritório Social, através de sua coordenadora, Fernanda Santana. 

O objetivo da reunião, segundo a direção da central, foi de discutir a possibilidade de abertura de vagas para estágio curricular para estudantes das universidades e faculdades parceiras da Secretaria de Estado da Justiça, do Trabalho e de Defesa do Consumidor (Sejuc), na CIAP/APEC e no Escritório Social.

As vagas seriam voltadas para estudantes dos cursos de psicologia, serviço social, direito e pedagogia. Segundo a direção, a reunião foi bem sucedida e ficou acordado que a diretoria fará uma atualização no plano de trabalho apresentado às representantes do CNJ, que define a atuação de cada área dentro das ações da Central.

Ficou acordado, também, que o Escritório Social produzirá seu plano de trabalho de modo a atender a sua demanda voltada para a absorção de estudantes universitários e estabelecer a atuação desses dentro do campo de atuação do Escritório.

Última atualização: 2 de maio de 2022 17:39.

Pular para o conteúdo